HISTÓRIA logo_cnccr
 
<<< voltar

Comboios

Antes da construção dos grandes comboios a vapor, os engenheiros ganharam o hábito de elaborar modelos em miniatura para efectuar testes, o que resultou no desenvolvimento de uma importante indústria de brinquedos. Países como a Grã-Bretanha, a Alemanha ou os Estados Unidos da América apostaram na produção de miniaturas dos modelos construídos, que se tornaram num enorme atractivo para crianças e coleccionadores.

prev
Clica na imagem para ampliar

DSCN0079_v2_tratada
Candeeiro. Fabrico português Casa Capucho – 1920/30.
Museu do Brinquedo - Fundação Arbués Moreira.
Clica na imagem para ampliar
DSCN0784_v2_tratada
Estação em folha litografada. Fabrico alemão Kindler & Briel – 1915/25.
Museu do Brinquedo - Fundação Arbués Moreira.
Clica na imagem para ampliar
DSCN0802_v2_tratada
Locomotiva em folha. Fabrico alemão Bing – final séc. XIX.
Museu do Brinquedo - Fundação Arbués Moreira.
Clica na imagem para ampliar
DSCN0878_v2_tratada
Locomotiva em folha. Fabrico alemão TCO – 1930.
Museu do Brinquedo - Fundação Arbués Moreira.
next